Projeto Saber Viver inicia ações teatrais nas escolas de Rosário e Bacabeira


06112017-IMG_2940

Nesta segunda-feira, dia 6 de novembro, foram iniciadas as atividades teatrais do projeto em escolas. A ação foi realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Rosário e aconteceu na Unidade Integrada Januário Carvalho. Esta escola foi a primeira dentre 8 do município de Rosário que serão contempladas com o recebimento das ações do Saber Viver, e, na ocasião, recebeu o grupo de teatro que apresentou três contos da literatura infantil: A madrasta Meméia, Chapeuzinho Vermelho e João e Maria de maneira lúdica abordando o tema da violência tradicionalmente abordada nas histórias. Após as apresentações, as crianças e adolescentes participaram de dinâmicas que possibilitaram um diálogo sobre a temática.

SABER VIVER1

Nesta ação participaram representantes do GACC-MA, da Secretaria Municipal de Educação de Rosário, professores e 98 alunos. O objetivo é fortalecer a denúncia e o enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes, e, com o apoio do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, o GACC-MA vem realizando o Projeto Saber Viver, que já se encontra em sua quarta edição e que busca, ainda, capacitar os jovens envolvidos nos movimentos sociais dos municípios da área de atuação do projeto para atuarem no combate à violência sexual.

SABER VIVER2

Além de Rosário, a ação também teve início em Bacabeira, onde apresentações teatrais também foram recebidas na Escola Possidônio Monteiro para discutir esta temática de forma lúdica com crianças e adolescentes na faixa etária de 10 a 15 anos. Os jovens receberam a atuação das apresentações teatrais e puderam aprender ainda mais sobre a importância do combate à violência sexual para a sociedade. Ainda, na ocasião, contaram com a presença da Secretária de Educação Olga Calvet e de diversos técnicos da secretaria que acompanharam todo o evento de lançamento do projeto. Em breve, as apresentações também serão realizadas em São José de Ribamar.