Nossa História


O Grupo de Apoio às Comunidades Carentes do Maranhão (GACC-MA) é uma organização não governamental que tem em sua origem o envolvimento e o compromisso com reivindicações das populações socialmente mais vulneráveis, com o objetivo de promover o desenvolvimento comunitário.

No Nordeste do Brasil, esse objetivo se concretizou por meio da iniciativa da instituição filantrópica Inter Aide, que em 1985 sensibilizada com a situação de pobreza da região, que se agravava com o período de estiagem, criou um Grupo de Apoio às Comunidades Carentes que começou suas ações no estado do Ceará.

Na década de 1980, o país passou por uma acentuada crise com instabilidade econômica e pressão inflacionária crescente. A população pobre do Nordeste aumentou e, com isso, os problemas sociais, sobretudo nas periferias das cidades. Contando com apoio financeiro internacional, o GACC começou a desenvolver vários projetos voltados para a melhoria da qualidade de vida e mobilização de lideranças comunitárias.

Os projetos desenvolvidos no Ceará tiveram resultados bastante positivos, o que levou o Grupo a estender suas ações para outros estados. Em 1987, passou a atuar na cidade de São Luís do Maranhão como afiliada do GACC-Fortaleza. Já no ano de 1993, adquiriu personalidade jurídica, designando-se Grupo de Apoio às Comunidades Carentes do Maranhão, o GACC-MA.

Na cidade de São Luís, o fenômeno da industrialização implantado pelos grandes projetos de extração mineral e o florescimento do comércio local promoveram o inchaço da população que resultou no aumento gradativo de áreas com insuficiência de políticas públicas.

Em 27 anos de atuação, o GACC-MA desenvolveu ações em diversos bairros, entre os quais, Coroadinho, Camboa, Vila dos Frades, Vila Luizão e Brisa do Mar. Em 2000, iniciou os trabalhos na Cidade Olímpica. A partir de 2011, passa a desenvolver projetos de capacitação nos municípios de Rosário, Bacabeira e Santa Rita. As iniciativas são desenvolvidas por uma equipe de profissionais e parceiros de vários segmentos.

O GACC-MA conta ainda com experiências que foram vencedoras de prêmios:

• Em 2012, foi semifinalista do Prêmio Itaú-Unicef 2012 – Educação Integral: Experiências que transformam com o Projeto Saber Viver – combate a violência sexual contra crianças e adolescentes.

• Em 2011 foi premiado pelo Ministério da Cultura na concorrência Pontinhos de Cultura / Ação Ludicidade com o Projeto Picadeiro da Cidadania – ludicidade e incentivo à leitura.

• Em 2008/2009 foi premiado pelo Ministério da Cultura na concorrência Pontinhos de Cultura Cultura / Ação Ludicidade com o Projeto Mais Infância, cujo objetivo foi contribuir com o desenvolvimento psicossocial de 180 crianças de 07 a 15 anos, com foco na família, promovendo atividades educativas e socioculturais.

• Em 2004, foi semifinalista do Prêmio Criança 2004 da Fundação Abriq com o projeto Crescendo Seguro, que teve por objetivo proporcionar o desenvolvimento saudável às crianças de zero a seis anos, estimulando o desenvolvimento social e psicomotor visando reduzir em 50% os problemas que afetam o desenvolvimento infantil.

• Em 2002, foi premiado pelo Ministério Francês recebendo o diploma honorífico na categoria “Action de développement”, pelas ações de Educação Profissional, Trabalho e Renda.

O GACC-MA se destaca na luta pela defesa dos direitos da criança e do adolescente, desenvolvendo projetos sociais que visam à garantia dos direitos, fortalecimento das famílias e dos atores sociais envolvidos no sistema de garantia de direitos. Além disso, cuida também da sua sustentabilidade articulando projetos articulando projetos, campanhas, divulgando seus trabalhos, participando de diversas redes, de espaços de articulação e mobilização de recursos.